Se viesses agora...
Eu não teria a mesma melodia para te encantar
como fiz quando eras meu...
 E na minha doce canção de amor
 que entoo sem qualquer dor
 inexiste o tu e eu...




Se viesses agora...
 Eu te diria que meus versos já não falam de ti
 como faziam há tempos atrás,
antes da tua partida!




Se viesses agora...
 Mostrar-te-ia nossos rumos diferentes,
 todas as rosas que plantei
e os espinhos que retirei;
 mostrar-te-ia o bem que me fizeste
quando me deixaste...




Se viesses agora...
 Eu te mostraria o oásis onde me achei
 e me entreguei,
 fugindo do árido deserto
 que contigo vivenciei...




Se viesses agora...
 Eu te apresentaria ao sol que me aquece
 e ao brilho dos astros que não fenece
 e verias meu novo coração
 que por ti não mais entristece...
 

Se viesses agora!



®DireitosAutoraisReservados©
Proibido a cópia sem autorização da autora.

 

  

         

Web designer Ana Amélia Donádio
Romantic Home
Página editada em 18/03/2003.

  online