Penso em você
Cleide Canton Garcia


Por que não?
Sonhar é tão bom!
Penso em você
como a luz que surge por uma fresta.
E você não me contesta...

Penso em você
com aquele riso gostoso
a minha espera, dengoso.



Penso em você
com o peito aberto
querendo-me por perto.

Penso em você
como nuvem que alcanço,
como ritmo que danço.



Penso em você
com sabor da fruta que saboreio,
como o doce do meu recheio.

Penso em você
como um lobo que não me assusta
lutando por uma causa justa.



Penso em você
sem mesmismos e um tanto indolente
mexendo com sentimentos de tanta gente.

Penso em você
como gelo do meu copo de bebida
que refresca minha boca atrevida.



Penso em você
como meu bichinho de pelúcia mais querido
o mais próximo, o que não será esquecido.

Penso em você.
Penso em você sempre.
Penso em você com muito ardor.
Penso em você homem, meu tudo, meu amor.



SP, 121/12/2003
22:41 horas

Proibido a cópia sem autorização da autora

 




  Web designer Ana Amélia Donádio
romantichome@terra.com.br
Página editada em 19/02/2004.

  online