HOMEM
Autora: Cleide Canton Garcia


De qualquer sorte
és o sol que me aquece
de sul a norte!



Sou a terra
que te reverencia!
Sou o infinito
onde apareces
e o colo
onde anoiteces.



Sou o ventre
que acolhe e se delicia
com tuas sementes.
A tua força me domina
e o teu abraço me fascina!
És o mel do meu olhar
e o motivo do meu gingar.



Faço tudo
pra te agradar.
Enfeito-me de matas e flores,
banho-me nos seus odores
e, por ti, morro de amores!



Meus mares se revoltam
e minhas águas congelam
quando me deixas.
És a luz
que guia meu rumo
no imenso espaço
em que circulo
para receber o teu abraço.



Homem!
Sabes que és meu sol
e morro sem teu olhar!



®DireitosAutoraisReservados©
Proibido a cópia sem autorização da autora
.

 

 

                           

Página editada em 10/02/2003
Web design Ana Amélia Donadio/Romantic Home
romantichome@terra.com.br

  online