FALAR DE AMOR
Autora: Cleide Canton Garcia


Não quero lhe falar
das dores e das lágrimas,
dos desenganos e mágoas,
das perdas e aflições,
dos desencontros de corações,
do ontem e do amanhã,
da longa espera vã,
do gosto e do desgosto,
das marcas do meu rosto,
do choque das decepções,
dos anseios e emoções,
do que senti ,
do que perdi....



Quero lhe falar de amor!
Quero lhe falar
da graça da beleza
da vida sem tristeza,
das batalhas vencidas,
das emoções vividas,
dos sonhos venturosos,
de seres maravilhosos,
que passaram por mim
e me amaram sem fim,
de todas as loucuras...
de todas as venturas...



Quero lhe falar
da beleza encontrada
no frescor da madrugada,
no calor do sol nascente
e dele mesmo no poente,
no brilho do luar,
na brisa do mar...



Quero lhe falar
de deleites e ternura,
da troca de candura,
de carinhos empolgados,
silentes ou falados,
da empatia dos sentidos,
dos amores vividos
de mil abraços dados
e daqueles só sonhados...



Quero lhe falar
de dar e receber,
de ser sem dizer,
de sentir sem tocar,
de amar...
de amar...
de amar...

®DireitosAutoraisReservados©
É proibido a cópia sem autorização da autora

 

 

         



Página editada em 12/01/2003

Site desenvolvido por Ana Amélia Donádio
romantichome@terra.com.br

  online