Eu só queria saber


Em que estrela se escondeu
o beijo que já foi meu,
o abraço que me aqueceu,
o sonho que não morreu?



Do mais íntimo de mim
choro a última lágrima
que custa a se formar
para tão depressa rolar.



Tanta beleza perdida!
Tanta verdade escondida!
Tudo de nós esquecido...
Nada faz sentido.



Só o amor permanece,
isso vejo no teu olhar.
Sentimento que não fenece,
razão do meu despertar.



Pergunto eu, então,
perdida em mil opções,
revivendo as emoções:
Por que?




Proibida a cópia sem autorização da autora
®DireitosAutoraisReservados©




 Web designer Ana Amélia Donádio
Romantic Home
Página editada em 07/07/2003.


Clique no CD para gravar o fundo musical   

  online