DESAFIO EM TROVAS

Cleide Canton & Humberto-Poeta

 

 

 

Poetas, aqui eu olhando

essas falas diagonais,

meu aplauso vou levando

dos começos aos finais.

 

 

Nos termos em que se expande,

esse teu poeminha prova

que a tua perícia é bem grande

mesmo a compor simples trova!

 

 

Não te enganes, eu disfarço

sem perícia e sem refrão.

Em outubro, águas de março

refrescam a inspiração.

 

 

Cleide amiga, o teu talento

de elogios nem precisa,

porquanto, em meu julgamento,

és uma exímia poetisa!

 

 

Eu aqui, toda vaidosa,

já ganhei a madrugada,

mas não fico toda prosa

senão estrago a noitada!

 

 

Não vejo  nenhum defeito

em tuas tendências vaidosas;

de ufanar-te tens direito

por trovas tão saborosas.

 

As trovas tem mil sabores

quando feitas sem vaidade

e vão definindo as cores

que estreitam nossa amizade.

 

 

 Cada uma das tuas trovas

me faz a torto e a direito

do amor renascerem novas

esperanças no meu peito!

 

 

Vivendo problemas tantos, 

amor de amigo é bem-vindo

nas trovas e seus encantos

que eu recebo aqui, sorrindo.

 

 

Mais alegres do que sábios,

sejam meus versos concisos

pra que se abram nos teus lábios

as flores dos teus sorrisos!

 

 

Sorrisos são mesmo flores

desabrochando alegrias;

nascente de mil amores,

também foz das nostalgias.

 

 

Sim, nem sempre o riso é um canto

que só traduza euforia;

às vezes nos toma o pranto

quando é grande uma alegria!

 

 

Lágrima unida a sorriso

nos lábios de uma mulher

é canto de um improviso

para ter o que ela quer.

 

 
Penso, ao ler a tua trovinha

dizendo tão  belas coisas,

que estás, de mim bem juntinha

e que em mim teus olhos poisas.

 
 
Poiso os olhos com carinho
na beleza dos teus versos
e sorvo esse raro vinho
entre tantos, tão dispersos.
 
 
Bom vinho também me passas
e sinto por ele um fraco;
ergamos, pois, nossas taças
em glória e louvor a Baco!
 
 
Pois louvo ainda melhor
estas trovas tão gostosas
e ao amigo trovador
oferto um ramo de rosas.
 
 
Em 27 de outubro de 2007

 



 

Quer enviar esta página?
Clique no Recomende.

 

Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

 

 

 

Página editada por Cleide Canton em 26 de agosto de 2013

  online