CINDERELA
Autora: Cleide Canton Garcia


Sonho lindo!
Jovens anos!
Recordo-me e entrego-me...



As imagens são refeitas
mais presentes, mais perfeitas,
e a minha doce fantasia
baila em plena alegria
no florescer dos meus versos.

Emolduram meus castelos
as flores, os riachos belos,
as aves que no horizonte voam
e o burburinho que entoam,
as cores que cintilam no chão
e os pequenos bichinhos que comem na minha mão.


Perfeita no papel de Cinderela,
deslumbrantemente pura e bela,
aguardo ansiosa meu desejo realizar
e todo o amor a alguém entregar!

Como num passe de mágica,
um trotear ouço ao longe.
Apuro os meus sentidos e sem titubear
preparo-me, pois sei que estás a chegar.



Doce visão que meus sonhos povoa,
surges tal e qual te imaginei,
desvendando os mistérios que sondei.
És belo e forte em teu cavalo branco,
imponente e cheio de encanto!

Toma-me em teus braços,
prende-me nos teus laços!
Ama-me e assim
permite que o meu sonho
chegue ao fim!



®DireitosAutoraisReservados©
Proibido a cópia sem autorização da autora
.

 

 

            

Página editada em 20/01/2003.

Web design Ana Amélia Donadio/Romantic Home
romantichome@terra.com.br

online