*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
 


AO DESCERRAR DAS CORTINAS

Chega ao fim o último ato!
Dirigindo e personificando
exponho e imponho.

Hás de rir comigo
das minhas glórias,
sentirás as minhas vitórias.
Hás de contracenar,
mesmo nas entrelinhas,
fazendo parte do meu elenco.

Hás de chorar
dos tantos prantos
pelos meus desencantos.
Hás de bailar
no ritmo que apresento.

Hás de pensar
no meu brado de alerta
e nas emoções
que ele te desperta.
Hás de sonhar comigo
pois sei que tenho em ti
um amigo.

Só o que te peço
é que não te compadeças
dos meus errados passos,
dos meus muitos fracassos,
dos amores falidos
e dos sonhos não vividos.

Aplauda, no final
e, se quiseres,
manda-me flores
pois muito mais que meus amores
és o sorriso
que restou para mim.


Proibida a cópia sem autorização da autora
®DireitosAutoraisReservados©


 

Web designer Ana Amélia Donádio.
Romantic Home
Página editada em 15/04/2003

Clique no CD para gravar o fundo musical 


 

  online